Espaço de interacção e de registo dos percursos efectuados na UC de avaliação de produtos multimédia educativos no ano lectivo de 2009/2010.
pesquisar neste blog
posts recentes

Síntese da sessão do dia 18 de Setembro

Análise Reflexiva - Grupo 1

Avaliação de Recursos Educativos Digitais para Quadros Interactivos - Grupo 1

1º Ensaio (individual) na Avaliação de Recursos para Quadros Interactivos

Avaliação de Recursos Educativos Digitais para Quadros Interactivos - grupo 2

Mapa Conceptual actualizado

Síntese da sessão do dia 7 de Julho

Síntese da sessão do dia 25 de Junho

Síntese da sessão do dia 18 de Junho

Grelha para avaliação de recursos para QI

arquivos

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

tags

todas as tags

participar

participe neste blog

Quinta-feira, 8 de Abril de 2010
Sinteses das leituras

        1) AVALIAR SOFTWARE EDUCATIVO

        2)A IMPORTÂNCIA DO PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE SOFTWARE EDUCATIVO

Objecto de Avaliação - Softwares educativos no processo ensino-aprendizagem.

Software Educativo é um produto específico para o ensino-aprendizagem, envolvendo programas e outros materiais de suporte multimédia.

           Tipos de Softares Educativos: tutoriais; programação; aplicativos; exercícios e práticas; multimédia e internet; simulação e modelagem; e jogos educativos.

Objectivo de Avaliação - Avaliar os aspectos pedagógicos e tecnológicos do software educativo e informar e orientar as escolas na selecção e uso do software. Identificar eventuais aspectos negativos e contribuir para uma base de conhecimento científico-pedagógico disponível à comunidade educativa...

Aparentemente os softwares podem ser  interessantes, mas na realidade podem não se adequar aos curriculos existentes. Como tal, é relevante avaliar os aspectos pedagógicos que devem estar embutidos no software educativo, analisando:

     - Linguagem e adequação étaria a que se propõe;

     - Estimulo à interactividade na resolução de problemas;

     - Capacidade de gerar concentração e motivação;

     - Gerar autonimia na aprendizagem;

     - Proporcionar interactividade;

     - etc.

Porém, a avaliação vai além da análise de aspectos pedagógicos. É necessário analisar também os aspectos técnicos, sendo pertinentes os seguintes:

     - Design do software;

     - Identificação da modalidade e o objectivo do software;

     - Instruções e  programas de instalação;

     - Organização gráfica;

     - Disponibilização online do suporte tecnico;

     - etc.      

Referências:

  1. Fino, C., "Avaliar Software Educativo", Actas da III Conferência Internacional de Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação, Universidade do Minho, Braga, 2003. http://www3.uma.pt/carlosfino/publicacoes/16.pdf
  2. Nascimento, M., "Avaliação de Softwares Educativos: Aspectos Relevantes", Revista e-Curriculum, Universidade Católica de São Paulo, 2007.  http://redalyc.uaemex.mx/redalyc/pdf/766/76620208.pdf

 

        3) EVALUATING EDUCATIONAL SOFTWARE AND WEB PAGES

Objecto de Avaliação - Conteúdos inseridos nos softwares educativos.

A finalidade principal de um software educativo deve ser encarado como uma porta de entrada para uma forte gama de recursos educativos, com o potencial de complementar, de forma eficaz, o processo ensino-aprendizagem. No entanto, é fundamental no processo de desenvolvimento do software educativo alguns requisitos para assegurar a qualidade dos conteúdos disponíveis, bem como a sua usabilidade.

Requisitos:

     - Dados Gerais

-Qual a origem do portal?

-Qual o publico alvo?

-Será que tem nome de autores e contactos?

-Permite o registro do usuário?

-etc.

     - Informação e Conteúdo

- Qual a informação disponível?

- É actualizado com frequência?

- Contém links exteriores?

- Tem exercícios educativos?

- etc.

     - Usabilidade

- O conteúdo está organizado correctamente?

- Permite pesquisa interna?

- O menu encontra-se sempre visivel?

- etc.

Em suma, os responsáveis pelos softwares e websites educativos necessitam estabelecer critérios de qualidade, permitindo aos seus utilizadores, uma melhor funcionalidade e utilidade desses softwares.

 Referências:

  1. Junior, J. & Coutinho, C., "The conception of a rubric to evaluate educational portals on the web", Universidade do Minho, Braga. http://repositorium.sdum.uminho.pt/bitstream/1822/7765/1/758.pdf

 


tags: , ,

publicado por lmmp às 18:05

mais sobre os autores deste blog ...
Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


links
subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post